Mochilão 2017 – #PartiuColombia! Roteiro de 2 dias por Bogotá

Yoo yo yooo guys! Quanto tempo hein?! Nosssa.. o trem tá corrido viu? Mas estamos aqui mais uma vez para falar dos 2 dias inteiros que passamos em Bogotá, capital Colombiana.

Primeiramente gostaríamos de dizer que gostamos demais de Bogotá e dos lugares pelos que passamos na Colômbia. Foi realmente uma experiência incrível e que ficou marcada na memória!!! Ohhh lugarzinho bom de voltar um dia heheehe

Indo ao que interessa, nós tivemos 2 dias inteiros na capital colombiana, muito bem aproveitados.

Dia 1: Chegada

Esse foi um dia mais de boa, só para chegar, se acomodar e conhecer as redondezas da hospedagem, onde comer, o que fazer e etc. Conhecer também um pouco do transporte e como iríamos nos locomover.

Nós saímos por volta de 10h de Quito e após todos os procederes, voo e tudo mais, às 13h já estávamos na imigração colombiana. Dali partimos pra nossa acomodação que ficava a cerca de 1:30h de percurso com trânsito pesado, pois estava chuvoso!

Como estava um dia mais light, chuvoso, resolvemos apenas caminhar nas redondezas até achar um local bacana para comer. Por sorte, achamos um shopping e decidimos pegar um cineminha e comer uns tacos hehehh Foi show de bola nosso programa!

Após tudo isso, voltamos andando à noite para nossa hospedagem e achamos o local bastante tranquilo e seguro! Não sentimos insegurança em momento algum.

Dia 2: Conhecendo a Catedral de Sal

Este dia reservamos para passear e conhecer a famosa Catedral de Sal. Na verdade nem esperávamos muito deste passeio, sendo bem sincero! Mas nos surpreendeu e com certeza foi um ponto alto da nossa viagem e recomendamos a todos!

A catedral encontra-se em Zipaquirá, um municipio que fica a uns 45km da capital colombiana. É um local bastante turístico que conta até com tremzinho que passeia pela cidade. Claro que a grande atração é a catedral, que foi construída em uma mina de sal e é considerada a primeira maravilha da Colômbia. Imperdível!!!

Para este passeio, pode-se contratar agência ou serviços de transporte particular, pois a catedral fica numa cidade vizinha à Bogotá. Nós optamos por ir por conta e foi super/mega/master tranquilo e muuuuita gente faz o mesmo. Nos próprios meios de transporte público encontram-se diversos turistas fazendo o mesmo e as pessoas sabem informar como chegar até a mina onde se encontra a catedral de sal. Para ir, nós pegamos o Transmilenio até o terminal Pontal del Norte. Dali pegamos um micro-ônibus/van até Zipaquirá, que demora cerca de 1h de viagem. Não se desce na entrada do parque e aí tem que andar um pouco até chegar lá. Nós preferimos pegar o tremzinho que nos deixa na porta e foi super de boa!!! É só seguir o fluxo que não tem erro.

Para entrada na mina, pode-se comprar o ingresso pelo site ou na hora mesmo, na entrada. Foi super tranquilo conosco e compramos na entrada. Nós pagamos R$125 para nós dois e achamos que valeu o preço! A atração abre das 09 às 17:30h.

Esta catedral foi construída a mais de 150m de profundidade, sendo que tem diversos níveis. Nela encontram-se diversos labirintos, esculturas de sal e pequenas capelas que eram utilizadas pelos mineiros.

É lindo! Tem também um show de luzes! É tudo muito bem feito, cuidado e de tempos em tempos são montadas turmas onde guias explicam toda a história do local e também a simbologia de cada monumento. Claro que você pode também passear por conta, fica a cargo de cada um. Nós começamos com uma turma, mas como era muita gente, ficou ruim de ouvir e também muito quente, pois tinham muitas pessoas juntas. Após algum tempo, decidimos ir andando e admirando as coisas devagar, sem pressa e foi uma ótima alternativa.

Além do passeio pela mina, conhecendo tudo, tem também um passeio à parte que se chama Ruta Del Minero onde pode-se viver uma simulação da rotina e vida de um mineiro! É um passeio muito louco e realmente diferente de tudo! Os caras são corajosos demais!!!! Nós andamos por um túnel num escuro absurdo e total, apenas guiados por cordas na parede e ao final podemos tentar, e eu friso o TENTAR, pois é muuuuito difícil e cansativo, extrair um pouco de sal das paredes.

Tem também um cinema que conta uma história de ficção sobre a mina e terminamos vendo um show de luzes com música bem da hora!

Por fim, ao final do passeio, tem algumas lojas com souvenirs e também com pedras preciosas.

Nós decidimos ir à tarde no passeio e ficamos na mina das 13h às 17h e deu tempo suficiente para passear tranquilo, sem correria.

A volta para Bogotá segue o mesmo fluxo da ida. Saindo da mina às 17h, com transporte e tudo, às 19:30h já estamos próximo da hospedagem, em um restaurante muito conhecido e que tem em muitos locais, chamado El Corral e que é recomendamos também! A comida e sobremesa estavam delícia demais da conta!!!!!

E assim foi nosso segundo dia em Bogotá!

Dia 3: Rolê na capital da Colômbia

Bom, depois de toda a maravilinda Catedral de Sal, esse dia resolvemos conhecer verdadeiramente um pouco da capital da Colômbia.

Sempre de transporte público, partimos para conhecer uma praça principal que tem na cidade, onde ficam diversos prédios antigos e do governo. Esse dia era um domingão e graças a Deus estava um sol maroto. Nós só não contávamos com um evento que estava ocorrendo na praça. Era tipo uma ação social, um dia de lazer e serviços para a população! Mano, tava lotada a praça kkkkkkkkkkk sinistro!!!! Tinha de tudo que se pensar, pessoal jogando diversas coisas, brincadeiras para crianças, atendimento para  idosos, atividades aeróbicas e muita música! Foi difícil até de tirar foto kkkkk mas de boas!!!

Depois desta praça, paramos em alguns museus, bairros e ruas bonitinhas!

Terminando o dia subindo o Cerro Monserrate. Este cerro ou monte é um local bastante conhecido e tem uma vista bem bonita da cidade! Em cima conta também com várias lojinhas de souvenirs e lanches, além de uma igreja bem bonitinha. Ótimo local para um fim de tarde e ver o entardecer!

Para subir ao cerro, pega-se um teleférico e o ingresso para 2 deu R$27,00. Foi uma bela vista e um bom local para terminar o passeio do dia. Recomendamos também!

Mas ainda faltava uma coisa para terminar a visita à capital, faltava provar o famoso café Juan Valdez. E como nem gostamos de café, essa não podia passar em branco heheehhe Realmente o café colombiano é um dos melhores e modo de preparar se parece bastante com o nosso, sendo um café bem gostoso, diferentemente do café chileno, argentino e norte americano que na verdade é chafé! sorry guys!!!

Enfim… assim, foram nossos poucos dias em Bogotá. Local que gostamos demais e como foi uma visita rápida, ficou gostinho de quero mais!

Nosso próximo destino foi San Andrés, no caribe colombiano e esse sim foi um dos lugares mais doideras da viagem! Que sol, que praias, que local e que caro tbm $$$$ mas que vale a pena demais!!! Depois dessa viagem sempre estamos de olho em passagens, quem sabe ir lá passar uma semaninha, poxa.. TOPZERA!

Mas é isso! Então fica ai ligado na gente, que em breve estaremos falando desse paraíso na terra que é San Andrés e como vale a pena conhecê-lo!!!

Abraços calorosos e latinos do Jeff e da Thaísa! FuI!

2 comentários em “Mochilão 2017 – #PartiuColombia! Roteiro de 2 dias por Bogotá

Adicione o seu

  1. Que lindo! Amei as fotos, faltou falar sobre a claustrofobia na catedral de sal hahahaha. Ansiosa para o post de san adreas! Acho legal voces sempre incentivarem o uso de transporte público e mostrar que a viagem pode se tornar mais acessível! Menos luxo e mais experiência!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: